20/03/2018

Amanhã...duas celebrações!


Poema das árvores - António Gedeão
As árvores crescem sós. E a sós florescem.



Começam por ser nada. Pouco a pouco
se levantam do chão, se alteiam palmo a palmo.

Crescendo deitam ramos, e os ramos outros ramos,
e deles nascem folhas, e as folhas multiplicam-se.

Depois, por entre as folhas, vão-se esboçando as flores,
e então crescem as flores, e as flores produzem frutos,
e os frutos dão sementes,
e as sementes preparam novas árvores.

E tudo sempre a sós, a sós consigo mesmas.
Sem verem, sem ouvirem, sem falarem.
Sós.
De dia e de noite.
Sempre sós.

Os animais são outra coisa.
Contactam-se, penetram-se, trespassam-se,
fazem amor e ódio, e vão à vida
como se nada fosse.

As árvores, não.
Solitárias, as árvores,
exauram terra e sol silenciosamente.
Não pensam, não suspiram, não se queixam.
Estendem os braços como se implorassem;
com o vento soltam ais como se suspirassem;
e gemem, mas a queixa não é sua.

Sós, sempre sós.
Nas planícies, nos montes, nas florestas,
A crescer e a florir sem consciência.

Virtude vegetal viver a sós
E entretanto dar flores.

06/03/2018

Beatriz Rodrigues apresentou " As Aventuras de Jéssica"


E no segundo dia da nossa Semana da Leitura recebemos a pequena escritora Beatriz Rodrigues que veio apresentar às turmas de 5ºano o seu livro " As aventuras de Jéssica"

Foi um verdadeiro prazer ouvir a eloquente e cativante Beatriz!



À Conversa com... Rodrigo Guedes de Carvalho

E foi assim que abrimos oficialmente as comemorações da Semana da Leitura! Com um "novo" PNL 2027 vocacionado agora para os leitores adultos pareceu-nos adequado iniciar a semana com uma sessão dedicada à comunidade adulta do nosso agrupamento e aberta à comunidade do Tortosendo. Foi uma conversa muito interessante e com valiosas contribuições de todos os que nela participaram. Obrigada ao escritor e jornalista

Algumas das atividades da Semana da Leitura 2018






08/02/2018

Sessão - Diabetes


Decorreu ontem, no Auditório José Alfredo Costa Rodrigues, a sessão sobre Diabetes proposta pela coordenação de diretores de turma do 2º e 3º ciclos  e o projeto Eco - Escolas, direcionada a todos os elementos da comunidade educativa.




La Chandeleur


A atividade" La Chandeleur" decorreu segunda feira na EB 2/3 do Tortosendo




e envolveu os alunos de oitavo ano de Francês (8A e B, no âmbito do dossier: "Les aliments"). Oferta de crepes (com chocolate e simples) aos colegas da escola, docentes e funcionários. Partilha de saberes e tradições da cultura francesa.

01/02/2018

Juntos, construímos a Paz!


     No dia 30 de janeiro, comemora-se o dia escolar da não-violência e da paz. Este dia, em que se assinala o falecimento do grande pacifista indiano Mahatma Gandhi, foi instituído em 1964 com o objetivo de sensibilizar toda a comunidade educativa (alunos, pais, professores, auxiliares) e toda a sociedade para a necessidade de uma educação para a paz, promovendo os valores do respeito, da cooperação, da solidariedade e da não-violência.
     Na Escola E.B. 2/3 de Tortosendo, para celebrar esta data, os grupos disciplinares de Educação Física e de Educação Moral e Religiosa Católica organizaram em conjunto um circuito de “jogos cooperativos”, tendo como público alvo as turmas do 2º ciclo e contando com a preciosa colaboração dos professores que acompanharam as respetivas turmas.
     Esta atividade teve como principal objetivo promover entre todos um ambiente de saudável convivência humana, através do desenvolvimento de atitudes que reforçam a união, a colaboração e a confiança uns nos outros, e que, por sua vez, são condições necessárias para a construção de um mundo mais fraterno e pacífico.
     Deste modo, foi muito gratificante observar a participação alegre e feliz de todos na realização dos vários jogos, interagindo e colaborando uns com os outros, numa verdadeira demonstração de que é possível concretizar no dia-a-dia este lema: “Juntos construímos a Paz!”.
                                                                                    Os professores de Ed. Física e de EMRC














30/01/2018

Hoje é Dia Escolar da Não Violência e da Paz




O Dia Escolar da Não Violência e da Paz comemora-se anualmente a 30 de janeiro.
A data foi instituída em 1964 em Espanha pelo poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenç Vidal, mas foi acolhida a nível internacional. Foi escolhido o dia 30 de janeiro por assinalar o falecimento do grande pacifista indiano Mahatma Gandhi.
Nos países do hemisfério sul com calendários escolares diferentes, a data comemora-se por volta de 30 de março.
O objetivo do Dia Escolar da Não Violência e da Paz passa por alertar os alunos, os professores, os pais, os políticos e os governantes para a necessidade de uma educação para a paz, que promova valores como o respeito, a igualdade, a tolerância, a solidariedade, a cooperação e a não violência.
Fomentar a comunicação entre todos, impedir situações de bulling e incrementar a amizade são preocupações deste dia.

Em Portugal realizam-se diversas atividades nos agrupamentos escolares tendo em vista a perseguição destes objetivos.


Clica no nome Mahatma Gandhi e ajuda a construir uma nuvem de palavras interativa!

Aqui na escola aconteceram nos campos, no 2º ciclo, jogos colaborativos em parceria entre as disciplinas EMRC e EDF e no auditório decorreram sessões para o 3º ciclo promovidas pelos elementos da Escola Segura sobre a violência no meio escolar!






Licença Creative Commons
O trabalho Blogue das Bibliotecas de Tortosendo foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Portugal.